NF-e 4.0: conheça as mudanças da nova versão

Tempo de leitura: 1 minuto

Na última quinta-feira, 02 de agosto, entrou em vigor a nova versão da nota fiscal 4.0. Em caso de não adaptação, os documentos fiscais não serão mais autorizados pela SEFAZ (Secretaria da Fazenda). A adesão à nova versão é necessária para evitar transtornos aos contribuintes pois pode significar que a empresa está omitindo ganhos, o que pode ocasionar algumas penalidades, como multas e até prisão.

De acordo com a contadora, Ariane Devechio, Analista Fiscal na NSC, o novo layout da NF-e 4.0 traz várias mudanças. A adoção do protocolo TLS 1.2 ou superior, novidade nos campos FCP (Fundo de Combate a Pobreza) com substituição tributária, preenchimento de dados com os valores de troco, criação do grupo “rastreamento de produto”, possibilidade de informar a forma de pagamento, são uns dos exemplos dessa mudança.

Muitas dessas alterações na emissão de notas fiscais são estritamente técnicas e não devem preocupar os empresários, desde que já estejam utilizando um sistema emissor compatível a nova versão. Os principais softwares do mercado já estão adaptados para essa nova realidade, bastando apenas ter atenção as novas exigências de preenchimento da nota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *